Escolha uma Página

#FestivalAEQSE

O feminismo não está na moda. Veio para ficar. É o novo normal. O coletivo #AgoraÉQueSãoElas é uma das maiores referências do país nesta construção. Soma mais de 16 milhões em mídia expontânea e mais de 1 milhão em compartilhamentos.

Pautou no Brasil o tema do assédio através da denúncia do caso Su Tonani e da articulação com #MexeuComUmaMexeuComTodas. Apresentou no canal GNT a cara dos novos feminismos, no documentário #PrimaveraDasMulheres, de Antonia Pellegrino. E propõe, para 2018, um festival que debata poder.

As mulheres ocupam o topo da pirâmide da violência e a base da pirâmide do poder. É tarefa dos feminismos transformar esta equação. Para isso é preciso compreendê-la. É o que propomos nos dois dias de #FestivalAEQSE. Serão duas masterclasses com nomes de destaque, um ciclo de mesas com as melhores inteligências, uma exposição, uma mostra de filmes, três workshops, um espaço aberto às inscrições prévias do público para palestrar por 6 minutos, além de um show de encerramento. Para garantir a alta voltagem do festival, convidamos nomes como Chimamanda Adichie ou Gloria Steinen, Rebecca Solnit, Marcia Tiburi, Nadine Grassman, Ana Julia, Liz Gilbert, Esther Perel, Debora Diniz, Elza Soares, Liniker, Heloisa Buarque de Holanda, entre outras.

O #FestivalAEQSE é uma realização do #AgoraÉQueSãoElas e da produtora D+ Projetos. Conta com a parceria do Grupo Folha de S.Paulo, do Google, da Revista 451, e do Grupo Companhia das Letras.